Para mim, falar da constelação familiar é falar da Fabiana.

De acordo com Karenina Azevedo, a palavra "bruxa" vem da língua falada pelos celtas, em tempos antigos, bem antes de Cristo, e significa "aquela que cuida", referindo-se às mulheres que sabiam cuidar das crianças e também sabiam curar, utilizando-se de ervas da natureza para fazer chás, xaropes, caldos, ungüentos e outros tipos de medicamentos.
Dentro deste contexto, carinhosamente chamo a Fabiana de bruxa mor favorita. Nela reside ciência e religiosidade.

Para mim, a constelação familiar é um ritual de cura onde os cuidados são dirigidos aos nossos familiares e ancestrais. Nesse cuidadoso trabalho existe o esmero de cada representante para que o resultado atingido proporcione leveza, bem estar e alegria. Tirar pesos, assumir as devidas responsabilidades e permitir que a dor se transforme em aprendizado são uma constante em nossos encontros.
Já fiz algumas constelações, alguns parentes e amigos meus também o fizeram. Para mim, os resultados foram notados imediatamente e isso me trouxe leveza na alma e paz no coração.Por isso quero registrar aqui minha profunda gratidão pelo oportunidade de ser uma pessoa melhor.
Obrigada Fabiana e família, obrigada amigos e amigas que tornam tudo isso possível.

 

Elydia Paulina Campanholo Busetti,